OS TERNOS DOS POLÍTICOS

Se a aparência é fundamental nas reuniões de negócios, em eventos sociais ou numa entrevista de emprego, que fará nos candidatos políticos, especialmente nos debates onde a audiência é muito grande. Um bom terno, em tecido nobre, bem cortado e acabado, no tamanho correto e com caimento perfeito é o principal quesito para um homem se apresentar elegante. Os trajes sociais são os ternos de cor escura e sua utilização tem a ver com a formalidade do evento e não com o horário. Os ternos de cores claras são informais, onde se admite o traje esporte fino.

DEBATE-BAND

De maneira geral os candidatos  que gostam de se vestir bem possuem 4 cores de ternos, além do preto. São elas o bege, o azul em suas tonalidades, o cinza médio e o cinza claro, liso ou com risca de giz. Usar terno é sinal exterior de seriedade e respeito ao público. Aqueles que não usam correm o riso de perder alguns pontos nas pesquisas por conta deste descuido, aparentemente demonstrando ser contra formalidades e tradições sociais. Imagina um representante legítimo de uma nação aparecer em uma reunião de cúpula à vontade ou mal vestido, em desacordo com o protocolo.

Salvo estes casos de “rebeldia”, a maioria dos candidatos em evidência é afeito ao uso do terno, embora não sejam cortes modernos. Vemos alguns paletós folgados, com lapelas muito largas e ombreiras saltando a olhos vistos. As gravatas também são largas e com estampas clássicas e algumas em desarmonia com o tom da roupa. As calças, além de largas, muitas vezes se apresentam com as barras (bainhas)  além do comprimento adequado ou muito curtas. E, nem estamos falando aqui de um terno slim fit com calça skinny, até porque o cargo elegível e idade dos candidatos não permite modernidades tão ousadas, mas de corte italiano, com lapelas finas, sem ombreiras e calças sem pregas, mais ajustadas ao corpo e nada de barra italiana. Também temos observado alguns casos de ternos mal feitos com a costura repuxando, mas não vamos aqui citar nomes (as fotos mostram tudo)

Dentre os presidenciáveis o falecido Eduardo Campos era o candidato que se apresentava mais elegante. Na sequencia Aécio Neves, Pastor Everaldo,  Levy Fidelix e Eymael. Dentre os candidatos ao governo de São Paulo, destaca-se Geraldo Alkmin de melhor bom gosto do que Aldo Rabelo. Uma menção especial ao Paulo Maluf que gosta de boas roupas, mas precisar dar uma melhorada no visual e andar com os ternos bem passadinhos.

ternos de Aécio Neves

Ternos de Levy-e-Everaldo

Ternos de Geraldo-Alckimin

Ternos se Skaf e Aldo Ribeiro

Homenagem póstuma Eduardo-Campos

Ternos de Paulo Maluf

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s