CALÇA SOCIAL

 Calça não é tudo igual. Não é assim: ”qualquer calça está bom”. Existem diversas  modelagens e algumas contribuem  para melhorarmos  sua apresentação , disfarçando o que não queremos mostrar e realçando outros pontos importantes . A diferença ente calça social e esporte está  basicamente centrada nos tecidos utilizados e alguns detalhes de  modelagens  e estilo .

As calças  sociais, não importando a cor,  pedem tecidos  como  o tropical,  gabardine e  lã fria, atualmente preferida  dos mais exigentes . Por outro lado as calças esportes ou esportivas podem ser feitas com sarja, linho, jeans ou veludo para o inverno. Existe também a  padronagem dos tecidos  que nada mais é do que a estampa ou relevo , tecnicamente chamado de maquinetados. A estampa mais conhecida é a risca de giz, mas existem outras, que também podem ser utilizadas  em calças sociais, assim como  o príncipe de gales, a espinha de peixe (chevron) ou pé de galina (pied-de-poule).   Deixe as estampas mais  ousadas como a seersucker (listra de cores diferentes) ou tartan (xadrezes de cores e traços fortes) para calças mais esportivas.

 Agora vamos falar do estilo da calça, ponto importante na composição do seu visual. Basicamente existem  quatro estilos de calças: com pregas , desconstruída ou sem pregas saruel  e slim ou skinny.

Calças com Pregas ou Amplas

É uma calça clássica reta ou ligeiramente afuniilada  para ser usada com ou sem terno. As pregas dão volume na região do quadril.  Normalmente tem uma ou duas pregas de cada lado (prega lateral), e , quanto mais pregas , mais volume é criado e você pode parecer gordo ou uma verdadeira sanfona.  As calças de uma só prega  discreta são bem recomendadas.  Para aqueles que tem quadril estreito as calças com pregas ajudam a encorpar. Barras italianas, nem pensar.

Calças sem Pregas ou Alfaiataria Desconstruída

Dizem  que estas calças perdem o seu apelo social, mas são elegantes e combinam bem com um terno quanto com uma  camisa pólo fazendo o estilo casual. São bem requisitadas no conjunto paletó e calça, com barra simples, sem empapar.

  Calças Saruel

É uma calça esporte de gancho bem baixo, moderna  e estilosa, mas não é  muito preferida dos homens. Nunca deve  ser usada com um terno, embora aquelas  feitas em altaiataria  sejam mais elegantes. Se você for baixinho evite este modelo.

  Calça Slim ou Skinny

Tanto  as calças sociais quantos as casuais estão ganhando modelagem mais ajustada e bem afunilada na boca, acompanhando o perfil do corpo e dando aparência mais magra (fitness). Deve ser usada com barras mais curtas do que o habitual. Não se apegue a uma regra se menos 1 ou 2 centímetros , mas  leve em consideração que o comprimento de barra  tem que ser adequado ao tamanho das suas pernas para não parecerem curtas. Se quiser parecer mais alto deixe a barra no maior tamanho possível.

Afora  isto há mais alguns detalhes a serem observados , tais como  a altura do cavalo, cintura ou cós e tipos de bolsos.

Cavalo é o nome dado ao gancho da calça que trata da distancia entre a cintura e o fundilho. Existem ganchos altos e ganchos baixos . A calça saruel é um exemplo extremo  de gancho baixo. A altura do gancho é ao gosto de cada um, mas evite os muito curtos para a calça não apertar as partes intimas  e comprometer a sua apresentação. Posso adiantar que as mulheres refinadas não gostam de homens  que usam calças com cavalo nos dois extremos. O cavalo também ajuda na  definição do comprimento das pernas.

Cós  fica na cintura  que deve sempre estar bem ajustada. A altura do cós é quase que padrão  com altura  da maioria dos cintos. Se você usar um cinto largo precisará olhar este detalhe ao comprar a calça. Em volta da cintura, por cima do cós, ficam os passantes por onde entram os cintos . Pessoas gordas devem colocar mais passantes na parte de trás. Nada de elástico tipo short que fica parecendo  coisa infantil.

Bolsos

Bolsos laterais  tipo faca  é aquele  na posição diagonal, mais indicado para o estilo  casual.

Bolsos laterais  embutidos  é paralelo com a lateral da calça e fica mais  escondo e certinho. Se o bolso estiver abrindo muito é porque  o quadril da calça não está adequado.

Bolso trazeiro tipo  besom é em bolso embutido, podendo ou não ter caseados e botões ou até uma  extensão de caseado.

Bolso trazeiro tipo flap – possui uma aba por cima do bolso, também podendo ser ou não abotoada. A vantagem do bolso flap sem abotoamento é que se pode colacar para dentro e ficar parecendo um bolso besom. Não é recomendado para ternos, especialmente para aqueles que tem bolso flap nas laterais do paletó para não ficar com exesso de abas na sua apresentação.